31.10.17

BERINJELA EM GOMOS ASSADA





Quem é que gosta de berinjela levante as mãos. Demorei um tempo de minha vida para gostar de berinjela pois na casa de meus pais não tínhamos esse hábito. A comida era baseada no trivial arroz com feijão, carnes e salada de alface com tomate. Tudo era uma delicia, comida preparado no dia, mas com pouca variedade de vegetais cozidos. Muito anos se passaram até que percebi que muitas coisas que não gostava ou era por nunca ter experimentado ou o preparo não me atraia. Quando comecei a ir para as panelas e fazer minhas refeições meu universo de vegetais aumentou. Passei a observar outros vegetais na feira e passei a pesquisar e me desafiar a novos preparos e sabores.  Descobri diferentes maneiras de apresentar a berinjela no que resultou no que sou hoje: uma amante de berinjela. A receita dessa postagem é muito simples e uma de minhas prediletas.

BERINJELA EM GOMOS ASSADA
Parar 4 pessoas

Ingredientes 
4 berinjelas medias cortada em gomos (preservando a parte verde para não despencar os gomos)
2 colheres de sopa de azeite de oliva
Sal
1 - 2 colheres de chá de alho amassado ou ralado
1 colher de sopa de tomilho fresco ou orégano seco

Modo de preparo
1. Corte as berinjelas em gomos (preservando a parte verde para não despencar os gomos);
2. Pincele com azeite o interior da berinjela, salpique sal, coloque o alho e o tomilho;
3. Unte uma forma com azeite;
4. Disponha as berinjelas sobre a forma e regue com um pouco de azeite;
5. Leve ao forno pré-aquecido a 180º C e deixe por aproximadamente 40 minutos ou até que o interior da berinjela fique translucido.

. foto arquivo pessoal

30.9.17

MUSSE DE QUEIJO COM GOIABA





MOUSSE DE QUEIJO COM GOIABA
Por Tutu Galvão Bueno

Ingredientes para o iogurte caseiro
3 litros de leite Xandó integral (não pode ser o de caixinha e nem o desnatado)
6 colheres de sopa de iogurte integral industrializado, de consistência firme
OBS1: 1 litro de leite rende 1 xicara de iogurte escorrido
OBS2: OBS: caso prefira o iogurte comprado pronto, adquira 8 potes de COALHADA de 170 g cada, depois escorra por 4 horas em uma peneira com um pano ou fralda na geladeira sobre uma panela.

Ingredientes para a mousse
2 ½ xícaras de iogurte escorrido
1 xícara de açúcar
2 envelopes de gelatina incolor
1 xícara de chá de agua filtrada
1 ½ xícara de creme de leite
2 a 3 goiabas vermelhas em fatias
goiabada mole

Utensílio necessário
Uma forma para pudim de silicone com furo no meio e fralda para escorrer o iogurte

Modo de preparo do iogurte
1. Ferva os três litros de leite, deixe amornar até o dedinho conseguir contar até 10;
2. Coloque 6 colheres de sopa de iogurte e misture;
3. Deixe a panela sem tampa dentro do forno desligado, e previamente aquecido;
4. Deixe descansar na geladeira por 24 horas; 5. Depois deixe-o escorrer dentro de um pano, tipo de fralda dentro uma peneira por 24 horas na geladeira.

Modo de preparo da mousse
1. Em uma tigela coloque o iogurte escorrido e misture o açúcar. Reserve;
2. Numa panela dissolva a gelatina em água em banho-maria (a agua não pode ferver, senão pode não solidificar) ou dissolva no micro-ondas conforme indicação da embalagem;
3. Junte ao iogurte e misture bem e com cuidado, aos poucos (a gelatina que deve estar morna- quase fria). Reserve.
4. Bata o creme de leite fresco até o ponto de chantili mole e acrescente ao iogurte;
5. Coloque na forma de silicone, previamente umedecida com água e leve a geladeira;
6. Se você decidir congelar retire do freezer e deixe por 2 horas em temperatura ambiente;
7. Desinforme a mousse, coloque as fatias de goiaba em volta e sirva acompanhado de goiabada mole.

. foto arquivo pessoal

22.8.17

GELATINA DE SALADA DE FRUTAS - receita vegana




Em casa durante a semana, nós consumimos apenas frutas nos lanches intermediários e quando dá aquela vontade de algo doce após as refeições.  Essa receita de gelatina de frutas é indicada para veganos (pessoas que não consomem carnes, leite e ovos) pois o agar agar usado para dar consistência firme é de origem vegetal.

Para aqueles que fazem contagem de carboidratos cada porção equivale a 12 g de carboidrato e 80 kcal.

GELATINA DE SALADA DE FRUTAS
Receita de Tutu Galvão Bueno
Rende 4 porções

Ingredientes
½ manga cortado em fatias e depois em cubos
1 kiwi cortado em fatias e depois em cubos
2 – 3 morangos cortados em tiras e depois em cubos
½ litro de suco de maracujá – suco de 1 maracujá fresco e agua para completar ½ litro
1 colher de chá de açúcar ou adoçante artificial
3 colheres de café de agar-agar em pó
4 folhas de hortelã para decorar

Modo de preparo
1. Monte ¼ de xícara de frutas picadas em cada taça que for servir;
2. Coloque o suco de maracujá adoçado com açúcar ou adoçante na panela com o agar agar e quando atingir fervura desligue;
3. Faça o teste de gelatinização do agar agar retirando uma colher de sopa desse liquido e colocando em um pires na parte mais gelada da geladeira por 10 minutos – verifique se virou gelatina e agora poderá colocar no meio ou entre as frutas;
4. Caso ainda não tenha ficado gelado adicione mais 1 colher de agar agar no liquido da panela e leve ao fogo até ferver e repita o teste do liquido na geladeira. Se o liquido que ficou na panela virar gelatina você pode aquecer depois resfriar levemente e colocar entre as frutas;
5. Se preferir, sirva com uma folha de hortelã por cima de cada taça.



Quando você utiliza o agar agar em suas receitas ele se tornará gelatina a 36 C graus.
Tem propriedades semelhante a da gelatina, mas tem que ser trabalhado rapidamente senão ele endurece em temperatura ambiente. É proveniente de algas marinhas e encontrado em lojas de produtos naturais como Mundo Verde.



>>> fotos por Tutu Galvão Bueno

8.8.17

TATAKI DE BOMBOM DE ALCATRA - receita de Mari Hirata por Haydée Belda




O tataki de bombom de alcatra pode ser servido como aperitivo acompanhado de pães ou como prato frio junto de uma salada. O molho usado para marinar, nem é bom falar, é delicioso e delicado. Com a receita de Mari Hirata, em seu livro Mari Hirata sensei por Haydée Belda , você irá arrasar quando receber em casa grupos pequenos ou grandes de pessoas.

O Bombom foi descoberto pelo mestre em carnes brasileiro, Marcos Bassi, em 1978. O corte é retirado do miolo da alcatra, também chamado de coração ou centro da alcatra, corazón de cuadril (espanhol) ou eye of rump (inglês). A peça inteira fica no traseiro do boi, de onde são extraídos outros cortes muito apreciados por churrasqueiros, como a maminha.

Para executar a receita é necessário encontrar a carne e alguns ingredientes só achados em casas de produtos japoneses. Depois por a mão na massa para seu preparo sair como deve ser. Não tenha medo de se aventurar na cozinha. Sempre digo a meus alunos e clientes que não existe receita que deu errado e sim receita que precisa ser ajustada.

Segue a receita e onde comprar os ingredientes da culinária japonesa. Aproveite 😋 😋 😋

TATAKI DE BOMBOM DE ALCATRA
Adaptado por Tutu Galvão Bueno
Para 6 pessoas

Ingrediente
1 peça de bombom de alcatra de 750 g
azeite de oliva

Marinada
200 ml de konbu tsuyu industrializado
1 pimenta dedo de moça em rodelas bem finas
2 dentes de alho cortado em fatias
1 colher de chá de Kuzu ou outra fécula (como fécula de batata, araruta ou amido de milho) à usado para deixar o molho mais grosso

Chips de alho
3 a 4 dentes de alho
óleo vegetal para fritar

Para decorar
Mini brotos de nabo ou agrião
Salsinha e cebolinha

Modo de preparo
1. Corte a peça de alcatra no meio no sentido longitudinal, de modo a obter duas tiras grossas. Pincele azeite sobre a carne para que não grude na grelha. Sele a carne direto na chama do fogão - deixe crua por dentro e bem chamuscada por fora;
2. Acondicione dentro de um saco plástico a marinada (com exceção da farinha para engrossar) e dentro dele outro saco plástico com gelo a fim de parar o cozimento da carne (é isso mesmo, um saco dentro do outro, sendo que em um saco vai o gelo e em outro a marinada com a carne). Coloque a carne ainda quente dentro do saco que tem a marinada, feche e guarde na geladeira até a hora que for servir;
3. Para fazer o chips de alho, corte os dentes de alho em uma espessura uniforme – de preferência todos iguais e bem fino e coloque em óleo vegetal frio. Frite devagar para que fiquem crocantes e levemente dourados, se tostar demais fica amargo;
4. Em outra panela, reduza a marinada (sem a carne) no fogo baixo, cuidando para que não fique muito salgada (quando você reduz demais poderá ficar salgada pois a marinada está mais concentrada), adicione fécula de batata ou amido de milho diluída em uma colher de sopa de agua fria, sem parar de mexer, até que o molho fique mais espesso e transparente e brilhante;
5. Corte e arrume a carne, pincele com a marinada, e decore com salsinha e cebolinha, chips de alho e mini brotos de nabo ou mini brotos de agrião.



ONDE
Fuji Mercearia (Produtos japoneses )
Rua Cunha Gago 346 - Pinheiros, São Paulo
Tel (11) 3812-9135

Escola Wilma Kowesi de Cozinha
Rua Cristiano Viana, 224 - Cerqueira César, São Paulo
Tel (11) 3063-1592

. fotos realizadas na Escola Wilma Kowesi de Cozinha com a chef Mari Hirata
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...